Gestão administrativa

Diretoria
Anna Christina Kubitschek Barbará A. Pereira – Presidente
Sérgio Gomes de Vasconcellos – Vice-Presidente

Conselheiros Natos
Anna Christina Kubitschek Barbará A. Pereira
Felipe Octávio Kubitschek Barbará A. Pereira
João César Kubitschek Lopes
Maria Estela Kubitschek Lopes
Paulo Octávio Alves Pereira
Rodrigo Paulo de Pádua Lopes
Sérgio Gomes de Vasconcellos

Conselheiros
Affonso Heliodoro dos Santos
Alejandra Patricia Kubitschek Bujones
Carlos Murilo Felício dos Santos
Dácio Barbosa Silveira
Júlia Diana Maria Kubitschek Barbará
Jussarah Kubitschek Lopes

 

Anna Christina assumiu a direção do Memorial em outubro de 2000. O novo século estava chegando e o Memorial recebia agora uma injeção de juventude.

Anna Christina percebeu a necessidade de preparar o Museu para os novos tempos. Partindo do projeto original de Oscar Niemeyer, implementou a completa reforma do auditório, que ficou mais leve e agradável, além da restauração do espelho d’água e suas cascatas há muito tempo desativadas. Em 21 de abril de 2001, foi inaugurada a nova iluminação externa do Memorial, realizada por meio do Projeto Reluz, que além de promover uma rigorosa revisão nas instalações elétricas e hidráulicas, valorizou mais as formas da arquitetura do monumento.

O acervo foi reorganizado e informatizado, com um banco de dados completo, facilitando o acesso de estudantes e interessados em conhecer fatos históricos a respeito do Presidente Juscelino Kubitschek. Mais de 200 objetos foram incorporados à exposição permanente do Memorial. A renovação incluiu a revisão das vitrines de exposição, a elaboração das galerias mais estruturadas e novos painéis que tornam a visita muito mais rica. Os modernos “back lights” aumentaram a qualidade das fotografias em exposição e novos vídeos foram incorporados ao acervo do Museu.
Houve um aumento substancial no número de publicações promovidas pela nova Presidência, como os novos folders, um portfólio sobre o trabalho de Dona Sarah e o livro “100 Anos da Vida e História de Juscelino Kubitschek”, direcionado especialmente ao público infantil. Talvez em função da preocupação com as crianças, podemos destacar, nos últimos anos, um considerável aumento na visitação de escolas e grupos infantis ao Museu.

 

Para comemorar o centenário do Presidente Juscelino Kubitschek, o artista Darlan Rosa distribuiu pelo jardim do Memorial esculturas em forma de esferas poéticas feitas em aço carbono que remetem a fragmentos da história de Brasília.

Seguindo uma tendência verificada nos mais importantes museus do mundo, desde 2002 o Memorial JK foi incorporado ao Projeto Música no Museu, que visa à integração da música às artes plásticas e demais manifestações culturais. O projeto trouxe ao público da capital o que há de melhor na música brasileira.

Com o espaço revitalizado, o Memorial JK reencontrou seu significado: continuar a multiplicar o repertório de imagens e de memória, ocupando seu papel estratégico na cultura e garantindo a conservação da história do Presidente Juscelino Kubitschek.

 

 


Compartilhe